A importância do Guia de Turismo na excursão

A importância do Guia de Turismo na excursão

O guia de turismo é o profissional que atua diretamente acompanhando os turistas durante as excursões. O seu papel é assessorar as pessoas que estão na excursão, informando e apresentando o local visitado e os pontos turísticos.

Além disso, ele também auxilia na logística da viagem, buscando a melhor rota e facilitando o embarque e desembarque do grupo. Contribuindo também com a criação do roteiro desejado e trazendo informações precisas durante todo o passeio.

Costumamos dizer que boa parte do sucesso de uma excursão está nas mãos do guia de turismo. Por exemplo: do que adiantaria programar atividades radicais para um grupo de viagens da terceira idade? Imagine organizar um passeio monótono para excursões escolares; não faz sentido, não é? Por isso o agente e o guia de turismo devem estar atentos no planejamento do roteiro turístico.

As categorias do guia de turismo

Podemos dizer que essa profissão é cadastrada nas seguintes categorias:

Guia de turismo regional: é o profissional responsável pela recepção da excursão, traslado, acompanhamento, fornecimento de informações e auxilio aos turistas, em roteiros locais ou intermunicipais de determinada região.

Guia de turismo nacional: ele é responsável por acompanhar e prestar assistência para o grupo durante todo o percurso da excursão de âmbito nacional ou realizada na América do Sul. Trabalhando em nome da agência de turismo responsável pelo roteiro e cumprindo com as atribuições técnicas e administrativas necessárias;

Guia de turismo internacional: é aquele que tem autorização nos órgãos competentes para atuar em países além da América do sul e tem conhecimento em outros idiomas. 

Guia de turismo especializado em atrativos turísticos: é o profissional responsável pelo fornecimento de informações técnicas sobre um tipo específico de atrativo. Podendo ser natural ou cultural de interesse turístico, possui formação profissional específica para aquele destino. Sendo assim, o Guia tem a possibilidade de oferecer tanto o turismo receptivo para as excursões que visitam o local, quanto promover o destino através de famtour, visando aumentar a venda daquele produto turístico.

Exemplo prático

Um Guia Regional de São Paulo só poderá atender a grupos dentro do Estado de São Paulo. Um Guia Nacional não poderá exercer o papel de Guia Regional nas cidades onde visitar atrativos turísticos, mas sim acompanhar a excursão do seu estado para outras regiões do país. Ao chegar ao destino pretendido, é necessária a contratação do Guia Regional de cada Estado.

Todo guia deve registrar-se obrigatoriamente no Ministério do Turismo para exercer a sua função de forma legal. O registro no órgão competente certifica e atesta a competência do Guia e dá credibilidade ao profissional.

É sempre importante andar com o crachá profissional de identificação, que contenham as seguintes informações: 

  • Nome completo
  • Número do cadastro
  • Idiomas
  • Categoria em que está cadastrado
  • Prazo de validade do registro.

Dica especial

Agora que você entendeu um pouco mais sobre o papel do guia de turismo e a importância de ter um acompanhando a sua excursão , você deve se lembrar que a gestão também é primordial para o sucesso do negócio como um todo. Para que você administre tudo de forma rápida e profissionalizada, nós criamos a Turistou Oganize para você. Experimente um sistema e gestão completo para excursões!

Abandone as planilhas e pare de perder tempo! Clique abaixo para conhecer a ferramenta que vai te ajudar a organizar suas excursões!